Governo Provincial de Luanda
Política

Novo governador apresentado aos funcionários


À sua chegada ao Palácio do GPL, o governador Sergio Luther Rescova Joaquim e o ministro Adão de Almeida foram recebidos pelo governador cessante, Adriano Mendes de Carvalho, que fez as honras da casa apresentando em primeiro lugar o seu Gabinete de trabalho e depois os funcionários do GPL.


 


Durante a cerimónia de apresentação os dois governadores assinaram o Termo de Passagem de Pastas, seguido de um aperto de mãos na presença do presidente do acto, o ministro Adão de Almeida que na sua intervenção apelou ao governador recém empossado para dar sequencia aos principais programas e projectos iniciados pelo então governador cessante.


 


Após às assinaturas do Termo de Passagem de Pastas,  Adriano Mendes de Carvalho na sua intervenção agradeceu em primeiro lugar a confiança que lhe foi dada pelo Presidente da República, João Lourenço, primeiro como governador Provincial de Luanda e agora do Cuanza Norte.


 


Ao dirigir-se ao novo governador Provincial de Luanda, disse que o mesmo recebe uma província com as suas especificidades e problemas, ainda assim acredita que com o seu vigor juvenil irá de forma sábia enfrentar os desafios que esta urbe lhe vai colocar. Não é certamente uma tarefa fácil, mas também não se afigura impossível, disse o governador cessante.


 


O governador Sérgio Luther Rescova Joaquim ao usar da palavra considerou que o saneamento básico,  macro-drenagem, limpeza pública, educação, saúde, espaços verdes, vias secundaria e terciarias, são áreas que deverão merecer uma atenção especial durante o seu mandato, já que sendo sectores transversais as soluções encontradas permitirão assegurar melhorias na condição de vida dos munícipes.


 


As administrações devem assumir o seu papel devido, isto é, “ estar ao serviço do cidadão”, em primeira instância. Se assim não for é legitimo e normal que o cidadão de Luanda entenda que a solução dos seus problemas esta no Governo Provincial ou mesmo no governador Provincial. Temos que trabalhar juntos para inverter, paulatinamente, esta visão consolidada.


 


Finalmente o governador Provincial afirmou que, “a população de Luanda merece a nossa dedicação e vai-nos apoiar se agirmos desta forma, com inclusão, isto é, sem olhar para outros factor de diferença social que possam existir”.